Trabalho – ganhar e viver a vida

Trabalho

 

Ganhar a vida não é mais suficiente. O trabalho tem de nos permitir viver a vida também.

(Peter Drucker, consultor adminnistrativo - extraída do livro Pequeno Manual de Inteligência Emocional – Frases que podem mudar um destino – José Ronaldo Peyroton, Organizador, Editora United Press Ltda, 1998, pg 6).

 

Reflexão

Óbvio

Esse cara é genial.

Ele tem a capacidade de dizer o óbvio de forma tão elegante que até parece uma grande novidade.

Mas olha só que ainda tem muita gente só ganhando a vida, ou pelo menos pensando que está ganhando a vida.

Tem até gente que diz: agora vou viver a vida.

Mas o cara está com 90 anos e morre logo depois...

Já viu isso acontecer, não viu?

 

Ganhar e Viver

Então o negócio é o equilíbrio: ganhar e viver.

Tudo junto.

Aqui gostamos de trabalhar, mas também gostamos de viver a vida.

Tem momentos que é preciso trabalhar mais, tem hora que é melhor curtir mais a vida.

Você sabe disso.

Nós sabemos disso.

Então se sabemos o problema é decidir.

Vamos lá?

 

Suficiência

Um dos grandes problemas é estabelecer o limite da suficiência.

Isso é muito pessoal e não nos cabe julgar os limites dos outros.

Teoricamente suficiente é aquilo que basta. Além do qual não é necessário. Justo, absoluto, que não sobra e que não falta.

Bom, talvez não fosse necessário dizer que a consciência do que é realmente suficiente precisa e deve ser desenvolvida. No bojo do suficiente se misturam anseios e desejos que de fato não tem nada a ver com o que é suficiente.

Também existe a consideração do tamanho do esforço que certos trabalhos exigem em relação ao retorno que os mesmos proporcionam.

E voltamos ao ponto inicial. A coisa toda é muito pessoal. Se você se realiza com o trabalho que tem, então talvez valha à pena o esforço que o mesmo exige, tipo muitas horas de trânsito por dia. Agora se você quase se mata pra executar o trabalho e o que ele te dá em troca é só dinheiro....pra alguns depende do montante do dinheiro, pra outros é melhor procurar outra coisa pra fazer, e pra alguns é melhor ficar como está e nem mesmo pensar no assunto pra não deprimir...

Tempos bicudos, bicos calados....

Mas o sentido da frase é o de que é necessário equilibrar o esforço do trabalho para que o mesmo renda o suficiente para o sustento e para o viver da vida.

O viver da vida ou viver a vida nos diz que é preciso curtir o momento.

E Aqui falamos no presente. Curtir sempre o momento presente. Seja trabalhando ou seja descansando. Na segunda-feira ou no domingo. Durante o dia ou durante a noite. Acordado ou dormindo. Enfim é preciso viver a vida de forma plena, completa, recheada.

Temos um grande desafio. Voce Topa?

 

 

Além disso quando você se cadastrar abaixo, terá acesso a livros digitais também gratuitos.

Receba nossa correspondência com as novidades da nossa blogosfera. São muitas alternativas para todos os gostos.

Alimentação Saudável

Emagrecer Consciente

Corpo Modelado

Posicionamento Profissional

Desenvolvimento Pessoal

Dinheiro, Investimentos e Finanças

Espiritualidade

Arte

Crônicas da Vida

Rupturas da Vida

Verifique essas alternativas todas conforme seu gosto. É só clicar!

Cadastre-se e curta!

Por hoje é só!

Um Excelente viver pra você!!

Marcus e Mel

MVE Produções

P.S.:

Gostou?

Compartilhe este artigo com seus amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *